27 de nov de 2013

27 de nov de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

A importância da separação do lixo – Orgânico e Reciclável

Também chamada de coleta ou de recolha seletiva, a separação dos dejetos, definindo-os como recicláveis ou orgânicos. O recolhimento de materiais que outrora foram lixo e que podem ser reaproveitados diretamente na fonte consiste na separação dos papeis, dos plásticos, dos metais e dos vidros, primando pela não contaminação dos itens reaproveitáveis, dando-lhes mais valor e diminuindo os gastos com o procedimento.

A coleta seletiva se inicia na avaliação quantitativa e qualitativa dos materiais separados no lixo, bem como do perfil dos restos sólidos gerados em determinadas localidades, em favor de melhor estruturação futura nos trâmites da reciclagem e na separação dos itens orgânicos e reaproveitáveis no lixo.

Separação do Lixo

O lixo orgânico é também denominado de deteriorável ou biodegradável, inclui os restos de carne, de frutas e de vegetais, por exemplo, e devem ser destinados aos aterros sanitários ou usados na fabricação de adubos orgânicos. Já os demais materiais são considerados reaproveitáveis, passando pela coleta seletiva com esse propósito, sua importância reside no melhoramento nos problemas de acumulação do lixo nas grandes cidades, reintegrando-os no ciclo industrial anterior de que veio, o que traz vantagens ambientais econômicas bastante importantes.

A separação de dejetos é um procedimento bom tanto para a economia como para o meio ambiente. Nesse sistema, alguns materiais necessitam de um descarte apropriado, é o caso das pilhas, das baterias comuns e dos celulares, por exemplo, que não podem ser lançadas no meio ambiente, já que contaminam o solo; como não podem ser reutilizados, eles são destinados a coletas apropriadas. É o mesmo caso dos remédios que não podem se misturar ao lixo orgânico, geralmente, são descartados em pontos de coletas nas farmácias, destaque também para os lixos hospitalares e as lâmpadas fluorescentes de igual descarte especial.

A proposta da coleta seletiva movimenta um mercado promissor e gera renda para várias pessoas e para as empresas empenhadas nessa prática. Em favor da diminuição da poluição do solo e dos rios, bem com do acúmulo de lixo em locais inadequados, a separação dos lixos orgânicos e dos reaproveitáveis na coleta seletiva é parte fundamental nas práticas do desenvolvimento sustentável do planeta.

18 de nov de 2013

18 de nov de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Entenda como funcionam os painéis solares

A energia limpa está cada vez mais ganhando a devida importância e atenção e no futuro deveria ser a principal fonte de energia. Uma das formas de gerar este tipo de energia é por meio de placas fotovoltaicas, mais conhecidas como painéis solares. Esses painéis são projetados a fim de captar os raios solares e transformá-los em energia elétrica. As células fotovoltaicas compõem os painéis solares, geralmente compostos de silício cristalino e arsenieto de gálio.

Esses materiais são intercalados em um grupo de células que compõem cristais, que após a formação são cortados e polidos, formando as pequenas esferas presentes nos painéis. Juntamente com condutores metálicos e fósforo, as células são completadas e colocadas em um painel com uma placa de vidro para proteção.

Painéis Solares

Essas células fotovoltaicas conseguem gerar por meio da ação da luz uma diferença de potencial elétrico. Em um efeito permite as células absorverem a energia solar e terem a capacidade de fazer a corrente elétrica ter um fluxo entre duas camadas de cargas opostas. Os painéis solares vêm em conjunto com baterias para acumular a energia não utilizada para que a mesma seja usada em dias em que não há sol ou pela noite.

O custo para instalação deste tipo de energia limpa ainda é alto, já que não é difundido e a concorrência é mínima. No Brasil, o serviço custa em média 2,9 mil euros por quilowatt de potência. Uma casa para quatro pessoas precisaria de dois quilowatts de potência, sendo assim, a instalação dos painéis sairia por algo em torno de 14 mil reais. A maioria dos fabricantes de painéis solares oferece uma garantia extensa de 25 anos.

A manutenção é uma boa forma de prevenção para garantir vida longa ao painel. Os componentes que precisam de mais atenção são as baterias; o painel precisa de limpeza do vidro para que a função de capitar a radiação solar não seja prejudicada. Além disso, ao final da vida útil, os painéis solares são totalmente recicláveis. Difundir o uso dos painéis é a melhor forma de ter um preço acessível.

    Blogger news

    Blogroll

    About