27 de nov de 2013

27 de nov de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

A importância da separação do lixo – Orgânico e Reciclável

Também chamada de coleta ou de recolha seletiva, a separação dos dejetos, definindo-os como recicláveis ou orgânicos. O recolhimento de materiais que outrora foram lixo e que podem ser reaproveitados diretamente na fonte consiste na separação dos papeis, dos plásticos, dos metais e dos vidros, primando pela não contaminação dos itens reaproveitáveis, dando-lhes mais valor e diminuindo os gastos com o procedimento.

A coleta seletiva se inicia na avaliação quantitativa e qualitativa dos materiais separados no lixo, bem como do perfil dos restos sólidos gerados em determinadas localidades, em favor de melhor estruturação futura nos trâmites da reciclagem e na separação dos itens orgânicos e reaproveitáveis no lixo.

Separação do Lixo

O lixo orgânico é também denominado de deteriorável ou biodegradável, inclui os restos de carne, de frutas e de vegetais, por exemplo, e devem ser destinados aos aterros sanitários ou usados na fabricação de adubos orgânicos. Já os demais materiais são considerados reaproveitáveis, passando pela coleta seletiva com esse propósito, sua importância reside no melhoramento nos problemas de acumulação do lixo nas grandes cidades, reintegrando-os no ciclo industrial anterior de que veio, o que traz vantagens ambientais econômicas bastante importantes.

A separação de dejetos é um procedimento bom tanto para a economia como para o meio ambiente. Nesse sistema, alguns materiais necessitam de um descarte apropriado, é o caso das pilhas, das baterias comuns e dos celulares, por exemplo, que não podem ser lançadas no meio ambiente, já que contaminam o solo; como não podem ser reutilizados, eles são destinados a coletas apropriadas. É o mesmo caso dos remédios que não podem se misturar ao lixo orgânico, geralmente, são descartados em pontos de coletas nas farmácias, destaque também para os lixos hospitalares e as lâmpadas fluorescentes de igual descarte especial.

A proposta da coleta seletiva movimenta um mercado promissor e gera renda para várias pessoas e para as empresas empenhadas nessa prática. Em favor da diminuição da poluição do solo e dos rios, bem com do acúmulo de lixo em locais inadequados, a separação dos lixos orgânicos e dos reaproveitáveis na coleta seletiva é parte fundamental nas práticas do desenvolvimento sustentável do planeta.

18 de nov de 2013

18 de nov de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Entenda como funcionam os painéis solares

A energia limpa está cada vez mais ganhando a devida importância e atenção e no futuro deveria ser a principal fonte de energia. Uma das formas de gerar este tipo de energia é por meio de placas fotovoltaicas, mais conhecidas como painéis solares. Esses painéis são projetados a fim de captar os raios solares e transformá-los em energia elétrica. As células fotovoltaicas compõem os painéis solares, geralmente compostos de silício cristalino e arsenieto de gálio.

Esses materiais são intercalados em um grupo de células que compõem cristais, que após a formação são cortados e polidos, formando as pequenas esferas presentes nos painéis. Juntamente com condutores metálicos e fósforo, as células são completadas e colocadas em um painel com uma placa de vidro para proteção.

Painéis Solares

Essas células fotovoltaicas conseguem gerar por meio da ação da luz uma diferença de potencial elétrico. Em um efeito permite as células absorverem a energia solar e terem a capacidade de fazer a corrente elétrica ter um fluxo entre duas camadas de cargas opostas. Os painéis solares vêm em conjunto com baterias para acumular a energia não utilizada para que a mesma seja usada em dias em que não há sol ou pela noite.

O custo para instalação deste tipo de energia limpa ainda é alto, já que não é difundido e a concorrência é mínima. No Brasil, o serviço custa em média 2,9 mil euros por quilowatt de potência. Uma casa para quatro pessoas precisaria de dois quilowatts de potência, sendo assim, a instalação dos painéis sairia por algo em torno de 14 mil reais. A maioria dos fabricantes de painéis solares oferece uma garantia extensa de 25 anos.

A manutenção é uma boa forma de prevenção para garantir vida longa ao painel. Os componentes que precisam de mais atenção são as baterias; o painel precisa de limpeza do vidro para que a função de capitar a radiação solar não seja prejudicada. Além disso, ao final da vida útil, os painéis solares são totalmente recicláveis. Difundir o uso dos painéis é a melhor forma de ter um preço acessível.

30 de out de 2013

30 de out de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Condomínios Sustentáveis

O termo sustentabilidade está em evidência nos dias atuais e sua presença é encontrada das mais diversas formas e locais, inclusive, nos condomínios. O reaproveitamento da água da chuva e a produção de energia solar são apenas alguns dos itens que podem tornar um condomínio “verde” e autossustentável quanto a alguns quesitos.

Claro que estas benfeitorias ainda custam um valor considerável e, no momento, somente os condomínios mais modernos e com apartamentos com preços elevados possuem algumas funcionalidades que podem dizer que os mesmos são sustentáveis.

Veja abaixo algumas dicas de equipamentos para tornar seu condomínio “verde” ou sustentável:

Cisternas: é possível fazer a captação da água da chuva através de calhas instaladas no telhado e ao invés de enviá-la diretamente para o esgoto é possível depositá-la em cisternas ou, até mesmo, em caixas d’água para serem usadas exclusivamente para a limpeza dos andares, para as plantas e, em alguns casos, até para ser usada como a água da descarga do vaso sanitário.

Placas de Energia Solar: o uso dessas placas ainda é demasiadamente caro, porém em alguns condomínios novos elas já estão presentes diminuindo a necessidade do consumo de energia elétrica e, por consequência, barateando a conta dos moradores. Claro que este valor influência e muito no valor do imóvel, porém com o tempo deverá passar a ser uma tendência.

Telhado Verde: a plantação de pequenas árvores e arbustos no teto dos prédios tem crescido muito e, desta forma, é possível diminuir a temperatura nos apartamentos em até 2 graus centígrados sem a necessidade da utilização do ar condicionado ou do split. Vale ressaltar que para fazer isso é necessário primeiramente fazer uma boa impermeabilização do telhado com materiais específicos para que não haja a infiltração de água nos apartamentos logo abaixo.


Coleta Seletiva de Lixo: outro ponto importante nos condomínios sustentáveis é a existência da coleta seletiva de lixo, como no bairro do Tatuapé em São Paulo, assim como dias para a coleta de lixo comum. Como exemplo, muitos condomínios encaminham para cooperativas de catadores todo o lixo coletado nos dias da coleta seletiva e, com isso, o mesmo passa a ser reutilizado para uma nova finalidade em vez de ir diretamente para o meio ambiente.

24 de out de 2013

24 de out de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Dicas para ser sustentável durante o dia a dia

A sustentabilidade nunca esteve tão em moda. Esse vocábulo é recorrente em programas de TV, revistas e mídias sociais, estejam os veículos relacionados à saúde, bem-estar, esporte, entre outros assuntos. Sustentabilidade, segundo uma definição geral, é a habilidade de sustentar uma ou mais condições determinadas por algo ou alguém. Em uma definição mais específica, é como uma sociedade consegue sustentar um sistema onde todos tenham qualidade de vida sem destruir as reservas naturais do planeta. Como podemos fazer isso como indivíduos?


Uma das práticas mais simples é não jogar lixo nas ruas. Seja um papel de bala, a casca de uma fruta ou um resto de cigarro. Com lixo nas ruas, as cidades além de ficarem sujas, ficam propensas a entupimento do escoamento de água e nos dias de chuva forte as enchentes. Reciclar o lixo em casa é uma bela dica de sustentabilidade. Ter um lugar maior para separar os materiais recicláveis é ideal. Se não há coleta em seu prédio ou bairro, a maioria das grandes redes de supermercado oferecem postos de recolhimento. A mesma dica serve para pilhas e baterias descarregadas, assim como dispositivos eletrônicos fora de funcionamento. Nunca jogue esses itens em lixo comum, pois contêm substâncias tóxicas como chumbo que poluem o solo e a água.

Economizar água é outro item essencial para um planeta sustentável. Não lavar calçadas, janelas e carros com mangueiras faz uma grande diferença. Varrer e passar um pano úmido já resolve a situação. Fechar a torneira no momento em que estiver escovando os dentes ou ensaboando a louça pode economizar mais de 20 litros de água por usuário. O banho também é um grande vilão. Fechar o chuveiro ao ensaboar o corpo ou cabelos já ajuda a economizar.


O mesmo vale para a energia elétrica. Não deixar equipamentos que não estão sendo usados ligados ou luzes acesas faz diferença. Os eletrodomésticos e lâmpadas novos com tecnologia mais avançada já são mais econômicos. Ensinar as crianças esses hábitos desde muito pequenas poupa tempo e ajuda a melhorar a saúde do nosso planeta.

12 de out de 2013

12 de out de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Cidades mais sustentáveis do Brasil

Sustentabilidade é um termo tão novo que ainda não está nos dicionários formais da língua portuguesa tal qual a definição que conhecemos no nosso dia a dia. A sustentabilidade seria em uma explicação breve, a capacidade de produzir todos os recursos necessários para a vida na Terra sem prejudicar o meio-ambiente. No caso das nossas cidades o comportamento sustentável se refere, portanto ao desenvolvimento socioeconômico, geração de água e energia, limpeza e urbanização. Bem antes de este termo começar a ser discutido, a cidade de Curitiba já era referência no que se diz respeito à urbanização, transporte público e limpeza.


Há mais ou menos quarenta anos atrás os responsáveis pela administração da capital do Paraná já haviam iniciado projetos considerados de vanguarda. O mais conhecido deles é o que se refere ao sistema de ônibus, o primeiro do mundo de transporte rápido, com corredores exclusivos, paradas em estações pré-determinadas e ônibus biarticulados e os chamados ligeirinhos (nomeados assim, por pararem apenas em pontos fixos). Curitiba também conta com um inteligente plano para prevenir enchentes, inaugurado nos anos 70, no qual os canais e rios da cidade receberam parques ao seu entorno para um melhor escoamento da água.


Londrina, outra cidade modelo do Paraná, é premiada no Brasil e no exterior pelo seu projeto de reciclagem. Além de a cidade contar com todo o sistema de coleta seletiva e latas especiais para o descarte, o projeto de reciclagem, lançou o “Cesta Verde” iniciativa na qual os moradores da cidade trocam o material reciclável por alimentos orgânicos.

A poluída cidade de São Paulo entra na lista das mais sustentáveis tamanho o esforço de governantes e da população para reverter o cenário. A estratégia dos governantes é a única solução que é mobilizar a população a participar ativamente das decisões por projetos sustentáveis. Iniciando pela campanha “Você no Parlamento” permitindo aos cidadãos elencarem temas como trânsito, saúde e educação direcionando o que deve ser discutido e colocado em ação pelos vereados. Há também a iniciativa Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município (IRBEM) e o projeto Cidades Sustentável.

1 de out de 2013

1 de out de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Consciência sustentável durante sua viagem de trabalho

O grande porte dos caminhões, geralmente, está associado à ideia de muito barulho e muita fumaça na estrada, não é mesmo? Entretanto, o mundo segue rumo a uma tendência mais abrangente que prima por um comportamento sustentável generalizado, inclusive no que toca às alternativas de procedimentos e desenvolvimentos para a profissão dos caminhoneiros. Desse modo, os caminhões não apenas carregam cargas pesadas, mas a responsabilidade e o compromisso ambiental com o planeta em que vivem.

Ainda que as mudanças comecem na regulagem e constante revisão do caminhão, o comportamento dos caminhoneiros durante sua viagem de trabalho é fundamental para que aja um comportamento sustentável por inteiro, e isso inclui desde o armazenamento adequado do lixo acumulado à preservação da mata. Há também novidades sustentáveis oferecidas pela indústria de caminhões que vêm compondo uma grande guinada nesse setor nos últimos tempos. Assim, para viagens de caminhão mais sustentáveis, já existem peças de caminhão mais sustentáveis, pois o mercado já conta, entre outras opções, com: motores menos poluentes proveniente da chamada tecnologia verde, com energia totalmente limpa e renovável, conta com baterias recicláveis e de longa duração, ainda que seja indicado para o caminhão rodar apenas nos centros urbanos. Mas, há também os motores totalmente abastecidos de etanol; o motor híbrido diesel-elétrico para caminhões que reduz até 30% o seu consumo e sua emissão de poluentes e o motores movido à gás natural, muito frequente nos caminhões europeus.


Outra dica fundamental para se manter o caminhão mais sustentáveis e, por consequência, viagens mais generosas com o planeta, é investir em pneus econômicos. É sabido que, quanto mais pesados os pneus, maior é o consumo de combustível, logo a queima de combustível e poluição da atmosfera; assim, pneus mais leves e com menos matéria-prima são uma ótima alternativa de produção das frotas de caminhões. Além da crescente inserção do alumínio na indústria de transporte, em substituição da fibra de vidro e de plástico. Um ponto positivo para o caráter reciclável, a resistência, a durabilidade do material e a leveza do material que diminui o consumo de combustível e suas consequências.

Talvez, colocar em prática todas essas dicas seja difícil, porém, você pode começar por aquelas que sejam mais viáveis. É importante que aja um começo para que, aos poucos, você possa contribuir, em plenitude, para um mundo mais sustentável e ecologicamente correto.

21 de set de 2013

21 de set de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Aprendendo sobre sustentabilidade desde a escola

A temática referente às práticas de sustentabilidade para com o nosso planeta é relativamente nova, entretanto, é desde o ambiente escolar que esse tipo de educação vem sendo inculcada e pensada a partir do comportamento das crianças. De um modo geral, as grades curriculares das escolas abrangem matérias voltadas para o estudo da ecologia e de práticas sustentáveis ativas em casa, na escola e na sociedade como um todo. Partindo do pressuposto de que a criança é o futuro do planeta, a escola passa a ser o lugar de estímulo teórico e prático de um comportamento sustentável, desde atitudes pequenas, como ensinar a jogar o lixo no lixo e reduzir o consumo de água e de luz em casa a não consumir produtos que agridam ao meio ambiente.



A importância de trazer à tona os tópicos sobre sustentabilidade como parte das matérias escolares reside em uma forma de mobilizar desde as práticas educativas a continuidade dos aspectos culturais, sociais e ambientais do planeta, bem como a boa e consciente lida do ser humano com o planeta. Assim, a escola se torna o primeiro lugar social a estimular as atitudes de preservação, de modo a formar nas gerações futuras a responsabilidade social voltada para a não destruição do meio ambiente. O assunto da sustentabilidade não tem sido apenas inserido em discussões de cunho ecológico, mas serve de suporte para a associação com outras matérias, desde a matemática econômica; ao melhor aproveitamento do espaço físico na geografia, tudo perpassa a discussão de comportamentos cada vez mais sustentáveis.

É no espaço escolar que comportamentos autossuficientes e sustentáveis podem ser trabalhados na infância, em favor dos requisitos economicamente possíveis, socialmente justos, culturalmente aceitos e ecologicamente corretos. Entre as atividades estimuladas na escola, destacam-se: o aproveitamento de materiais descartáveis e a prática da reciclagem; o cultivo e a manutenção de hortas no espaço aberto da escola associando a uma cozinha experimental, com o aproveitamento dos alimentos; além de feiras, encontros e exposições que apresentam para a sociedade os conceitos e as razões de ser das práticas da sustentabilidade.

9 de set de 2013

9 de set de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Bike: O meio de transporte que alia sustentabilidade e saúde!

Atualmente, há uma preocupação generalizada com as práticas sustentáveis em prol da conservação e do futuro do planeta. Nesse contexto, tudo passa a ser planejado levando em consideração um debate sobre o desenvolvimento e o planejamento de centros urbanos mais sustentáveis e com mudanças de comportamento e de consumo das pessoas. A partir disso, fatores como a melhoria da qualidade do ar e das águas, da conservação de energia, vinculado aos impactos trazidos pelo trânsito corroboram com a melhoria da qualidade de vida de cada um e do planeta.



E é pensando na sustentabilidade urbana aliada a hábitos de vida cada vez mais saudáveis que a opção pelas bicicletas tem crescido nos últimos tempos. Andar de bike é um exercício que pode ser equiparado à caminhada e à corrida, combatente do sedentarismo, estimulador da resistência muscular do corpo e da melhora da frequência cardíaca; além de ser um ótimo meio de transporte de baixo impacto para o meio ambiente e para o próprio bolso dos ciclistas, já que seu custo de manutenção é bem baixo.

A opção pelas bikes nas ruas é uma das soluções para os problemas de mobilidade urbana e da alta emissão de poluentes proporcionados pela quantidade de carros e motos nas ruas no dia a dia. Outros aspectos que contam a favor do uso das bicicletas no trânsito é a economia de tempo nos trajetos de casa para o trabalho, facilmente se evadindo dos grandes engarrafamentos e estresse das cidades grandes; a economia financeira: sem IPVA, sem combustível ou estacionamento, vale a pena investir na bike!


Como transporte ecologicamente correto, a bicicleta é um dos principais agentes na guinada sustentável por que passa a consciência mundial, sendo assim, a diminuição da emissão dos poluentes é uma necessidade urgente suprida pela opção pelas bikes, em vez dos carros e motos por aí. A respiração de um ar menos poluído é em parte proporcionada pelas bicicletas! Desse modo, trata-se de um transporte que, além de trazer resultados físicos e saudáveis bem visíveis para aqueles que dele são adeptos, ajuda a reverter a condição caótica em que se encontra o nosso planeta, preocupando-se com o desenvolvimento sustentável no trânsito e nas grandes cidades.

25 de jul de 2013

25 de jul de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

O valor dos empreendimentos sustentáveis


A atenção à preservação do meio ambiente, incluindo a correta utilização dos recursos naturais, já é obrigatória em qualquer segmento econômico. No entanto, quando essa preocupação é comprovada na prática e recebe a certificação de um órgão reconhecido internacionalmente torna-se um valioso diferencial. Seja pela real conscientização ambiental ou por mero interesse financeiro – imóveis sustentáveis podem valer de 10% a 20% a mais do que os convencionais –, ou pelos dois motivos, é crescente a procura por um selo verde.

É o que mostram as estatísticas do Green Building Council Brasil (GBC Brasil), organização não governamental que atua no país desde 2007 com o objetivo de fomentar a indústria de construção sustentável. Mais que isso, promove no Brasil a certificação internacional LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), sistema de classificação de edificações a partir de critérios de sustentabilidade ambiental em diferentes categorias. “Em 2012 havia em média 16 registros por mês em busca da certificação. Nos primeiros cinco meses de 2013 o número cresceu mais de 40%, chegando a 22 solicitações por mês”, informa o diretor técnico e educacional da organização, Marcos Casado.



Entre os 732 registros de solicitação para a certificação LEED no país, 105 empreendimentos já conquistaram a chancela. E, para isso, foi preciso atender a certos critérios como eficiência energética; uso racional de água; qualidade ambiental interna; uso de materiais, tecnologias e recursos ambientalmente corretos; além de outros fatores que contribuam para minimizar os impactos ambientais. De acordo com o GBC Brasil, quando adotadas as medidas necessárias para receber a certificação, pode-se alcançar redução de consumo de pelo menos 30% em energia e de 50% em água, além de diminuir em cerca de 35% as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e em torno de 65% a geração de resíduos. 

Estatísticas de certificações LEED no Brasil*
Estado
Registros
Certificações
São Paulo
428
80
Rio de Janeiro
137
12
Paraná
43
3
Distrito Federal
21
1
Rio Grande do Sul
13
3
Minas Gerais
16
2
Outros
72
4
Total
732
105
 Fonte: GBC Brasil / *Dados até junho de 2013

Exemplo desse tipo de empreendimento é o Eco Berrini, edifício comercial localizado na Av. Luiz Carlos Berrini, um dos principais centros empresariais da cidade de São Paulo, em um terreno de 23,4 mil m2 com área construída de 92,4 mil m2. O projeto desenvolvido pela Aflalo & Gasperini Arquitetos foi edificado entre os anos de 2007 e 2011. Essas são algumas das principais características relacionadas à eficiência ambiental:

-          fachadas de vidro que permitem o máximo aproveitamento da luz natural;
-          tratamento e aproveitamento de águas e cinzas pluviais para irrigar o paisagismo, abastecer bacias sanitárias e mictórios e também as torres de resfriamento do sistema de condicionamento de ar;
-          iluminação eficiente com baixa densidade de potência;
-          geração de energia fotovoltaica na cobertura;
-          definição de vagas de estacionamento preferenciais para veículos com baixa emissão atmosférica e baixo consumo;
-          elaboração e implantação de um Plano de Gestão de Resíduos e Coleta Seletiva, gerados no empreendimento, e definição de uma área dedicada para armazenamento dos resíduos comuns e recicláveis;
-          uso de materiais com conteúdo reciclado, extraídos, beneficiados e manufaturados regionalmente, e utilização de produtos com madeira certificada FSC (Forest Stewardship Council). 

Crédito da foto: Daniel Ducci

22 de jul de 2013

22 de jul de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Soluções sustentáveis na construção civil

Reduzir os impactos ao meio ambiente, garantir o desenvolvimento urbano e a qualidade de vida são desafios cada vez mais presentes. A consciência verde ganha espaço em diferentes segmentos e também nos empreendimentos imobiliários. Grandes construtoras incorporam em seus projetos atitudes sustentáveis que vão desde o canteiro de obras até a concepção das unidades entregues.

A construção civil gera um grande volume de resíduos e descartes de materiais poluentes, sendo preciso buscar alternativas que atenuem os impactos. Por isso, muitos empreendimentos já adotam uma postura amiga do meio ambiente durante a realização da obra e implantam ações como captação de energia solar, lâmpadas LED, uso de água da chuva e um sistema especial de esgoto. Em alguns casos, há ainda a preocupação em despertar a consciência ambiental da comunidade do entorno e dos próprios funcionários, para realizar a coleta seletiva de resíduos no canteiro de obra.


Além de buscar soluções para diminuir os impactos ao meio ambiente durante a realização do empreendimento e ainda torná-lo financeiramente viável, o outro grande desafio é adequar o projeto para ser o mais sustentável possível: utilização de equipamentos para racionalização, redução do consumo de energia, reutilização da água, uso de dispositivos que garantam a diminuição de desperdício, fácil identificação de vazamentos, fixação de vidros nas áreas comuns e privativas.

Mas não é apenas a estrutura física do prédio que deve ser sustentável para evitar danos ao meio ambiente. Os moradores também devem mudar comportamento. O condomínio também deve proporcionar condições para isso, como adotar coleta seletiva de resíduos, postos para o recolhimento de óleo de cozinha, pilhas e baterias e vagas exclusivas para bicicletas. Com essas atitudes se faz diferença.

1 de jul de 2013

1 de jul de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Vida Sustentável - Vida Feliz!

Com o progresso acelerado que a humanidade viveu nos últimos séculos, as indagações sobre sustentabilidade foram ficando cada vez mais comuns. E isto vem afetando nos mais diversos campos da vida. Desde a vida social até a profissional. Ser sustentável é, antes de tudo, uma necessidade em nosso tempo.
Mas afinal o que é sustentabilidade? Como ser sustentável no dia a dia? Isso tem impacto sobre a minha felicidade? Vamos às respostas.
Sustentabilidade é um termo usado para definir ações e atividades humanas que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações. Ou seja, a sustentabilidade está diretamente relacionada ao desenvolvimento econômico e material sem agredir o meio ambiente, usando os recursos naturais de forma inteligente para que eles se mantenham no futuro.  Por isso sustentabilidade é um dever e uma obrigação de todos, desde cidadãos até empresas e o governo. Para você ter uma vida sustentável existem diversas maneiras, e isso sem sombra de dúvidas lhe trará uma enorme satisfação de dever cumprido, além de torna-lo mais adepto de um mundo melhor, algo bastante em falta em nossa espécie...

Vamos a algumas dicas de como ser sustentável no dia a dia:

1) Utilize o ar condicionado com sabedoria, apenas quando seja necessário e dois graus abaixo da temperatura ambiente, assim você evita que 900 kg de dióxido de carbono subam para atmosfera, anualmente.;
2) Coloque lâmpadas fluorescentes e ligue apenas na ausência de luz, evite portanto, usar durante o dia;
3) Quando precisar trocar seus eletrodomésticos, procure os que tenham “A” na avaliação Procel, pois permitem o uso mais eficiente de energia elétrica;
4) Mantenha o hábito de desligar o monitor do computador quando precisar sair da sala;
5) Procure utilizar pilhas recarregáveis, pois elas podem diminuir a possibilidade de contaminação da água e o solo, com mercúrio e cádmio, e também a atmosfera com vapores tóxicos – afinal, elas não são descartadas com tanta frequência;
6) Evite deixar aparelhos eletrônicos no modo de espera (stand by), crie o hábito de tirá-los da tomada;
7) Seja um agente voluntário, procure apagar todas as luzes desnecessárias na sua casa, trabalho, banheiros públicos, shoppings, restaurantes e afins, pois o prejuízo ambiental reflete em todo o planeta.
8) Evite comprar legumes, frios e carnes em bandejas de isopor.
9) Procure produtos que tenham menos embalagens ou utilize aqueles que tenham embalagem feita com materiais reciclados ou recicláveis.
10) Ao cozinhar, mantenha a tampa da panela fechada. Com essa atitude você concentra mais calor e economiza gás de cozinha.
11) Feche sempre bem a porta da geladeira, pois aberta, há um maior consumo de energia para manter a temperatura. Não deixe a porta aberta enquanto pensa no que vai tirar dela, nem a abra e feche repetidas vezes.
12) Evite manter a temperatura interna do refrigerador inferior a 5 ou 6 graus. Isso aumenta o consumo energético em cerca de 7%. 
13) Opte sempre pelo papel reciclado, imprima só o necessário, no modo econômico e utilize os dois lados da folha. A fabricação de mais papel faz com que sejam derrubadas mais árvores, aumentando o aquecimento global e diminuindo a qualidade do ar e da água.
14) Evite a indústria dos descartáveis: prefira o coador de pano, os alimentos fora das bandejas de isopor, o copo de vidro e guardanapos de pano, enfim, todo produto que se use, lave e use novamente, em vez de jogar fora.
15) Use menos o carro! Ande de bicicleta, caminhe e utilize mais transportes públicos. Cada quilometro que deixar de percorrer de carro, você evita a emissão de cerca de 300 gramas de dióxido de carbono. 
16) Tenha sempre um saco de lixo no carro e nunca jogue lixo na rua ou pela janela. Além de falta de educação e cidadania essa atitude contribui para o desequilibro de uma cidade com o entupimento dos bueiros e aumento de doenças causadas pelo lixo acumulado. 
17) Dê preferência as pequenas quitandas, mercadinhos e armazéns do seu bairro que vendam produtos produzidos na sua região. Os grandes hipermercados padronizaram o consumo e descaracterizam o comércio local tradicional.
18) Feche a torneira enquanto escova os dentes! Com a torneira aberta, são desperdiçados de 50 a 80 litros de água enquanto se escova os dentes, ou se faz a barba. Aprenda a utilizar a torneira com menos vazão possível. Uma torneira aberta deixa correr de 12 a 20 litros de água por minuto.

Estas são algumas pequenas atitudes que você pode tomar em seu dia a dia que com certeza farão uma grande diferença. Mas você que está lendo este texto provavelmente esta se perguntando: Mas para fazer isto eu precisarei me esforçar mais que o habitual. E eu lhes digo, sim você terá que se esforçar mais e sair de sua zona de conforto. Lembre-se que nada vem de graça e tudo que é bom demanda esforço. Principalmente no início, antes de criarmos os hábitos. Mas para motiva-lo e tornar mais fácil estas mudanças eu lhes sugiro um excelente site que disponibiliza um material de excelente qualidade e dotado de grande sabedoria. Estou falando do Círculo do Bem. Este site tem por objetivo lhe proporcionar motivação para o dia a dia através de pequenas histórias e imagens com frases famosas sobre situações que diariamente nos acometem e geralmente nos consomem muita energia. Por isso seja sustentável, seja sábio, seja bem informado. O planeta e sua vida com certeza irão agradecer!  

29 de jun de 2013

29 de jun de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Sustentabilidade: um (bom) caminho sem volta

O mundo está com sorte: é crescente a preocupação com a sustentabilidade e a prática consciente de ações, visando atingir menos ao meio ambiente. O conceito pode ser facilmente entendido, uma vez que sustentabilidade trata-se, basicamente, de realizar as atividades cotidianas (sejam elas relacionadas à vida pessoal, a trabalho ou a produção de bens de consumo) de forma amiga da natureza. Para garantir que cada vez mais pessoas entendam a importância da sustentabilidade e saber quais são os resultados trazidos por ela, o aprendizado deve ser feito desde o início da vida de cada pessoa, em casa com a educação familiar e aprimorada nas instituições de ensino. Mas não basta apenas estar por dentro da teoria, é preciso praticar.

No dia a dia, os cuidados com o meio ambiente podem ser vistos e entendidos nas pequenas ações. Aquelas atitudes básicas e que fazem parte do repertório de todo bom cidadão, como não jogar lixo nas ruas, destinar materiais à reciclagem e não desperdiçar água ao tomar banho ou lavar a louça, por exemplo, fazem toda a diferença.



Já na fabricação de produtos e levantamento de construções, o principal a atentar é ao controle e bom uso de recursos naturais. O meio ambiente é provedor dos mais diversos recursos, que são de extrema utilidade e valia para as criações dos seres humanos. Usá-los de forma consciente traz benefícios para todos os lados, uma vez que os projetos saem do papel e os recursos continuam disponíveis e renovando-se na natureza.

Para nos locomovermos, necessitamos de meio de transporte. Por sua vez, meios de transporte precisam de combustíveis para o correto funcionamento. Se bem analisado, esse fato passa rapidamente de um problema, para uma solução. Dê preferência a meios alternativos para movimentar-se, como bicicletas, uma boa caminhada ou o transporte público para diminuir o número de automóveis nas ruas e evitar o excesso de poluentes. Não é possível realizar suas atividades cotidianas assim? Então, opte por combustíveis ecológicos – além de sustentáveis, esses tipos de combustíveis podem ser favoráveis também ao seu orçamento.


Não existem desculpas para não pensar no meio ambiente. São diversas as alternativas sustentáveis e quando cada indivíduo faz a sua parte, torna-se realidade o desejo de se viver em um ambiente preocupado com as questões ambientais. 

25 de jun de 2013

25 de jun de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Veículos que agridem menos o meio ambiente

Pensar e atuar em prol da sustentabilidade é uma atitude que nunca sai de moda. Atualmente, cada vez mais é possível notar pessoas e instituições preocupadas com a preservação do meio ambiente e com o uso sem desperdício dos recursos naturais.  O desafio de criar produtos, ao mesmo tempo em que se oferecem serviços que estejam aliados à sustentabilidade, vem ganhando de forma progressiva mais força e espaço em todas as áreas do mercado atual.

Os veículos são conhecidos por serem causadores de bastante impacto ambiental, devido, principalmente, a forma como são criados, aos materiais utilizados para a produção e ao combustível que utilizam para o funcionamento. Pensando nesse viés, muitas montadoras buscam fazer automóveis amigos do meio ambiente, visando não agredir a natureza. Levar em consideração os impactos ambientais causados na fabricação e na utilização dos veículos é ponto chave, que garante a busca por atitudes mais favoráveis ao meio ambiente – além de ser uma ação que pode ser, também, lucrativa, uma vez que faz com que os consumidores sintam-se mais apegados às marcas.



Empresas como a Volvo aliam a sustentabilidade ao crescimento da companhia. A Volvo produz caminhões pesados e semi-pesados ao redor de todo o mundo, acreditando ser fundamental a ampliação de soluções de transporte sustentável. E não são somente os caminhões da Volvo que são pensados para o meio ambiente, mas foi à empresa que primeiro criou uma fábrica que neutraliza as emissões de CO2. E as demais, com certeza, foram atrás dessa importante tendência.

Além disso, buscar soluções nunca é demais. Antenada à tecnologia e objetivando inovação, a Volvo elaborou um aplicativo online chamado Declaração Ambiental do Produto, que apresenta informações relacionadas aos recursos, consumo energético, emissões de poluentes e outros mais: é possível realizar cálculos de impacto ambiental de produção, faz que o indivíduo saiba a forma correta de utilizar os caminhões da Volvo e como dar o destino adequado aos veículos no fim de suas vidas úteis, pois os materiais que o compõe podem ser reciclados e reaproveitados. O aplicativo, então, permite que os usuários e consumidores da marca saibam exatamente como agir de maneiras menos prejudiciais ao meio ambiente.

Se você é um proprietário de um caminhão Volvo faça também a sua parte para que o meio ambiente seja preservado, pois ele é protagonista na nossa história e precisamos respeita-lo sempre para que tenhamos os frutos que buscamos para a nossa sociedade.

12 de jun de 2013

12 de jun de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Saiba mais sobre a logística reversa em prol da sustentabilidade

Cada vez mais preocupadas com o conceito e os benefícios de fazer parte do time de empresas sustentáveis, muitas companhias vêm abrindo suas mentes e buscando soluções que agradem a todos os lados. Sendo assim, a logística reversa é um fator interessante que está em voga nos dias atuais. Logística reversa define-se como uma ação que realiza o recolhimento e reaproveitamento de produtos e materiais que não têm mais ciclo produtivo – une esses objetos que não possuem mais uso para o mercado convencional e os devolvem ao seu local de origem para que tenham o destino correto em relação ao tratamento ou reciclagem.

Geralmente tendo ligação com os desempenhos sobre pós-venda e pós consumo de produtos, a logística reversa age em prol da gestão ambiental. Em algumas empresas, tal fato é muito nítido, pois elas notaram que os consumidores estão aumentando suas preocupações ambientais, desejando, assim, que as companhias também tenham atitudes que sejam favoráveis à sustentabilidade, atingindo menos ao meio ambiente. Dessa forma, a logística reversa é caracterizada como organismo essencial para o desenvolvimento econômico e social.



É simples entender qual o mecanismo de funcionamento dessa logística sustentável. Enquanto o papel da logística convencional é produzir, transportar e garantir que o produto chegue ao seu consumidor final, o da logística reversa é o de garantir que tudo o que foi usado e não tem mais vida útil – sejam as matérias primas ou os próprios produtos, que podem ter a finalidade de uso configurada para uma única vez – retornem ao local/fabricante de origem. Com essa atitude, cada uma das empresas saberá exatamente como agir para que os materiais tenham destino certo e não sejam prejudiciais ao meio ambiente de nenhuma forma. Além disso, os resíduos também podem ser reaproveitados em alguma futura produção, evitando o uso de mais matérias naturais: e é nesse ponto que entra a ação de responsabilidade e sustentabilidade.

Tendo a logística reversa como foco, as organizações públicas e privadas vêm preocupando-se e conscientizando-se de maneira progressiva em tomar atitudes que favoreçam ao meio ambiente, satisfaçam o desejo de seus consumidores de agir para a sustentabilidade e que respeitem as políticas ambientais.

7 de jun de 2013

7 de jun de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

A importância do reflorestamento

Todos nós sabemos e somos educados desde pequenos que devemos cuidar do meio ambiente para contribuir com a preservação de nossas riquezas naturais e evitar o aquecimento global e questões parecidas. E é por isso que o reflorestamento também se faz muito importante no cenário em que vivemos atualmente. São inúmeras as vantagens dessa ação.

A vegetação faz com que a emissão de gás carbônico não vá tanto para a atmosfera, pois eles a retém, e isso é uma importante ação no combate à intensificação do efeito estufa. Também são os vegetais que realizam a fotossíntese, que removem o gás carbônico que consegue atingir a atmosfera e, assim, permitem a fixação do carbono na biomassa da vegetação e nos solos.

O maior benefício que o reflorestamento traz é o combate às mudanças climáticas, que são muito perigosas para o ecossistema natural e afetam a todos nós, principalmente os animais, que não sabem se defender desses fenômenos.



É importante lembrar que as árvores evitam ou reduzem a erosão do solo e a contaminação da água e suas sombras podem evitar o uso de ar condicionado de diversos estabelecimentos e edifícios residenciais. Além disso, a sombra também refresca as ruas, o que faz com que em que existem uma maior concentração de árvores, a temperatura média seja entre 5 e 9 graus menor do que cidades desprotegidas. Elas também reduzem significativamente a poluição acústica nos cruzamentos e vias de grande movimento. Essa é uma pequena amostra, em tempo real, do que as árvores são capazes de fazer no dia a dia.

Além disso, as árvores reduzem a necessidade da construção de centrais hidrelétricas e nucleares e contribuem com as correntes subterrâneas e com a manutenção dos rios. Também é uma fonte constante de combustível para usinas e estufas, além de servirem de barreira visual.  E se não fosse o suficiente, as florestas em geral têm papel fundamental na preservação da fauna e da flora silvestres.

Que as árvores são importantes para a vida de todos os seres vivos desde os seus primórdios até hoje não é novidade para ninguém. Elas fazem parte do nosso cotidiano, desde ao oferecer uma sombra até ao compor os pisos laminados de nossas casas. Por essas razões que é fundamental preservar a natureza e incentivar o reflorestamento de qualquer maneira. Assim, estaremos contribuindo para o futuro do nosso planeta.

7 de mai de 2013

7 de mai de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Praticando a sustentabilidade desde cedo


A sustentabilidade está virando moda e já é uma realidade na maioria dos estabelecimentos comerciais, industriais e residenciais do Brasil. Mas sabemos que as ações que são desenvolvidas hoje não são suficientes para diminuir significativamente o impacto da produção e consumo humanos no meio ambiente terrestre, mesmo que essas ações estejam sempre na mídia e passem pelos nossos olhos e ouvidos todos os dias. E essa insuficiência das ações tem um motivo óbvio de ser.

Essas ações são desenvolvidas por obrigação e por cobrança, já que os profissionais que realizam essas ações temem sanções de órgãos do governo. Se esse aprendizado tivesse aparecido mais cedo nos adultos e chefes de organizações em atuação hoje, essas ações seriam desenvolvidas naturalmente e seriam tanto suficientes quanto eficazes. Mas isso já está mudando para as próximas gerações. Os novos alunos das escolas públicas e particulares já estão sendo inseridos no contexto de sustentabilidade através de ações extracurriculares e do próprio currículo do ensino fundamental.

As principais ações e formas de educar

A educação para a sustentabilidade, como é chamada a educação que ensina os jovens e crianças a forma de construir ações sem destruir a natureza, é praticada hoje em muitas escolas e instituições do país, através de ações, exemplos e estudos de caso que mostram aos jovens o que pode, o que não pode e o que deve ser feito por cada um.

Sabemos que a educação é a base das ações do futuro adulto, e podemos dessa forma confiar um pouco mais nos futuros líderes, se lhes forem fornecidas informações e exemplos sobre o que poderá manter o futuro do nosso planeta mais limpo e mais digno para as futuras gerações.



Visitas a instituições e ações de replantio, bem como lições de como separar o lixo são as principais armas no combate à ignorância e às medidas inapropriadas do futuro. Além dessas ações inseridas no cotidiano de muitas instituições, no currículo do ensino fundamental e médio das escolas estão inseridos conceitos e lições de sustentabilidade, para que todos sejam ensinados e futuramente avaliados sobre esse conhecimento, um dos mais importantes que os alunos já puderam ter contato na escola.

3 de mai de 2013

3 de mai de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Ameaças à biodiversidade


Existem hoje muitas ações que são em essência sérias ameaças à biodiversidade do nosso planeta, sendo prejudiciais ao nosso meio ambiente e ao nosso próprio conforto e qualidade de vida, e que desestruturam a vida na terra não só para a nossa geração, mas principalmente para as próximas. Essas ações são muitas vezes (inclusive na sua maioria) combatidas com lentidão e apatia pelas instituições do governo, e outras muitas vezes aceitas pelo consenso geral em nome do progresso. E, mesmo que consigamos evitar muita destruição e poluição futura, algumas ações realizadas pelo homem são simplesmente irreversíveis.

Principais ameaças

Uma das principais ameaças à biodiversidade nos dias de hoje são as queimadas, que são também motivo e consequência do desmatamento. Com a emissão de gases poluentes para a atmosfera terrestre, ocorre hoje o tão comentado aquecimento global em consequência do efeito estufa provocado pelos gases. Dessa forma, com a terra mais quente e seca do que antes, o calor acaba gerando pequenos focos de incêndio que se propagam por milhares de quilômetros, devastando áreas nativas e prejudicando a saúde do solo, além de matar milhares de espécies da flora e fauna da região.



Esse desmatamento também é realizado há anos (ou até séculos) pelo próprio homem, que se utiliza da madeira nativa para diversos fins, como produção de móveis, material escolar e muitas outras coisas. Esse aspecto do desmatamento já está sendo minimizado pelas ações do governo de fiscalização e punição dos responsáveis, e também pelo consequente reflorestamento oferecido pelas indústrias para que sua ação seja considerada sustentável e não nociva ao nosso meio ambiente.

Poluição

A poluição aumenta tanto quanto o número de habitantes da terra aumenta. Quanto mais seres humanos vivendo aqui, mais lixo, mais esgoto, mais necessidade de combustível e a consequente poluição dos mares com o vazamento de petróleo. Essa poluição só poderá ser minimizada e reduzida a níveis aceitáveis quando os humanos mudarem suas rotinas e hábitos e lembrarem que não são a única espécie que deve sobreviver no planeta, portanto, também dependem do equilíbrio global para garantirem um futuro promissor por aqui.

30 de abr de 2013

30 de abr de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

No que o aquecimento global interfere em nossas vidas?


Cuidar do meio ambiente é algo necessário principalmente nos dias atuais, sendo que este ponto não pode nem deve ser esquecido em nenhum momento. A existência do aquecimento global representa o aumento extremo da temperatura estável tanto dos oceanos, quanto do ar próximo à superfície do planeta Terra, sendo que este fenômeno vem ocorrendo a um período de tempo razoável e causando diversos problemas desde então.

A causa deste malefício que prejudica tanto a natureza e vai nos prejudicar cada vez mais é o aumento dos gases do efeito estufa. Todos esses gases são de origem humana, ou seja, os homens causaram diversos problemas à natureza, como queimadas, poluição e desmatamento, gerando este tipo característica e mudança artificial do meio ambiente.

Mesmo que não tenhamos plena consciência do fato, é possível saber que o aquecimento global interfere em nossas vidas causando diversos problemas que podem comprometer tanto os homens quanto os animais e todo o ecossistema. Um exemplo é que diversas doenças e irritações são frequentemente descobertas devido a este fato.



A primeira intervenção que pode-se considerar um problema, causada pelo aquecimento global, é que todos os seres humanos, atualmente, possuem uma grande possibilidade de adquirir câncer de pele, sendo que este tipo de doença causada na parte externa do corpo pode comprometer todo o organismo. A doença é adquirida devido aos raios solares ultravioletas que causam a degeneração das células que estão presentes na pele de um humano.

Além do problema citado acima, pode-se destacar outro malefício causado pelo mesmo motivo - os raios solares ultravioletas -, pois eles podem envolver os sentidos da visão, causando doenças como catarata, e até mesmo comprometer todo o nosso sistema imunológico, fazendo com que seja mais fácil adquirirmos qualquer tipo de infecção.

Já tratando sobre os problemas causados aos animais, o aquecimento global também possui grande envolvimento em grandes perdas de espécies e morte de vários bichos, principalmente os marinhos, que são fortemente afetados devido ao filoplâncton. Essa espécie de planta que era fonte de alimento para muitos peixes e outros seres que vivem no mar desapareceu devido o aquecimento global.

27 de abr de 2013

27 de abr de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Sustentabilidade: o que é?


Ouvimos todos os dias em diversas formas de mídia a expressão sustentabilidade ou algo sustentável, e não temos muitas vezes a dimensão real do que esse termo quer dizer. Muitos de nós realmente não sabemos o que é, enquanto outros possuem uma vaga ideia e se contentam com ela, já que a princípio essa tal de sustentabilidade não está mudando diretamente o meu dia. Ou não estava.



Conceito e exemplos de sustentabilidade


Sustentabilidade é um termo que pode ser utilizado para várias coisas, como realmente é nos dias de hoje. Ele pode ser adjetivo para várias ações ou atividades, que recebem o nome de sustentável quando conseguem melhorar a qualidade de vida do ser humano e suprir as nossas necessidades sem de fato comprometer o ambiente das futuras gerações.

Isso quer dizer que as ações sustentáveis não possuem grande impacto no meio ambiente e ajudam a manter a terra mais humana para o futuro, o que é algo desejável para qualquer atividade humana. Até as nossas atividades diárias em casa e no trabalho podem ser sustentáveis, e mesmo sem divulgar isso na mídia para autopromoção (como a maioria das empresas fazem), você poderá sentir orgulho de si mesmo por não ser um vilão do seu próprio lar.

O que acontece é que muitas empresas utilizam o termo não por não ter impacto na natureza, não por não agredir o meio ambiente, não por utilizar materiais recicláveis ou naturais: as empresas hoje já utilizam o termo para classificar ações menos nocivas que as praticadas anteriormente.

Se uma empresa polui, mas utiliza desde o ano passado uma técnica que polui menos, ela já se auto intitula uma empresa sustentável. Se ela utiliza para o crescimento econômico e material uma técnica que destrói menos uma área indígena, ou que desmata menos uma parte da Mata Atlântica, ela já se diz sustentável.

Em parte esse termo é inapropriado para essas atividades ainda prejudiciais, mas devemos observar e agradecer que isso já pode ser uma consciência e compromisso nos dias de hoje. Longe de ser satisfatória (para dizer o mínimo), a atividade humana dá os primeiros e pequenos passos para parar a destruição desenfreada da nossa casa.

18 de abr de 2013

18 de abr de 2013
0 Comments
Posted in Arrangement , Art , Business

Tenha uma rotina sustentável

Para todos aqueles que ficam felizes ao ouvir que uma empresa pratica ações sustentáveis, ou incentivam a prefeitura e instituições locais às atitudes mais sustentáveis, é importante saber que a sustentabilidade começa na nossa casa, debaixo no teto de casa um.
A sustentabilidade humana não deve ser praticada por empresas apenas que desejam ter uma imagem melhor frente ao consumidor. Pelo contrário, a sustentabilidade deve ser uma atitude mínima e silenciosa que está na consciência de cada um. Apenas colocando-a em cada pessoa desse planeta, a sustentabilidade poderá virar um padrão de ações, não uma exceção interessada ou imposta pelos órgãos de controle.

Como mudar a nossa rotina

A boa notícia é que as ações sustentáveis no nosso dia são pequenas e totalmente executáveis por nós sem que percamos muito tempo ou abdiquemos do nosso conforto. Uma dessas ações – que é a mais simples e a que causa mais impacto ao meio ambiente – é a separação do lixo.
Sabemos que todo o sistema de processamento de lixo de aproximadamente 99% das cidades brasileiras é precário e nada sustentável, mas essa ação já pode minimizar o estrago. Ao invés de apenas um latão de lixo em casa e outro no seu estabelecimento comercial, disponha de mais latões para a separação do lixo. No mínimo dois: um para itens recicláveis e outro para orgânicos.
Os itens recicláveis normalmente são os de papel, de alumínio, vidro e alguns outros materiais sintéticos. Quando utilizar recipientes como latinhas de conserva, vidros de alimentos, caixas de leite e outros, lave o recipiente e coloque-o no lixo reciclável. Mesmo que a sua cidade não tenha uma coleta seletiva de lixo, há muitas instituições e profissionais que trabalham com lixo, catando, recolhendo ou direcionando esses materiais. Você poderá contatá-los e vender esse material, inclusive ganhando um pouco de dinheiro com isso.

Economia

Outra forma de se ter uma rotina sustentável é não desperdiçar. Nem água, nem luz, nem comida. E isso se baseia em um consumo consciente, onde sabemos exatamente o quanto precisamos e usamos com sabedoria, para que todos possam utilizar também, por muito tempo.
Trocar lâmpadas por outras mais econômicas, não demorar demais no chuveiro, apagar as luzes de cômodos vazios, pegar apenas a comida que for mesmo consumir. Essas ações são benéficas para o meio ambiente e para o seu bolso, já que todas significam também economia de dinheiro.

    Blogger news

    Blogroll

    About