15 de fev de 2014

Energia sustentável, quais as opções?

Com o respeito ao meio ambiente em alta, pesquisadores passaram a trabalhar no desenvolvimento de fontes alternativas de energia capazes de suprir as necessidades da população, seja no uso pessoal, comercial ou industrial, sem prejudicar a natureza.

Essas fontes alternativas geram a famosa energia sustentável, aquela que não polui o meio ambiente, não destrói fauna e flora e muito menos contribui para o aquecimento global.

Atualmente, há várias fontes de energia sustentável. A mais famosa provavelmente é a solar, na qual um sistema formado por células fotovoltaicas capta a luz do sol, transformando-a em energia. O calor solar também é armazenado pelo sistema e utilizado para aquecer água.

A energia sustentável solar é perfeita para ser usada em casas e pequenos comércios ou escritórios onde o consumo elétrico não é elevado. O que pesa contra esse tipo de energia é o preço elevado para instalação do sistema.



Outra fonte de energia sustentável bastante comum é o vento. Nela, gigantes cataventos são acionados pela força do vento, produzindo energia, que também é chamada de eólica.

Ao contrário da solar, a energia eólica é mais barata e não há restrições de uso, já que a quantidade de corrente elétrica gerada consegue abastecer desde casas até empresas, chegando inclusive em locais onde a energia elétrica não alcança.

O biogás é mais uma fonte de energia sustentável que merece destaque. Resultado da transformação do lixo orgânico, o biogás substitui perfeitamente os derivados do petróleo, como o gás de cozinha e os combustíveis para automóveis.

Mesmo com esses benefícios, o biogás não é largamente utilizado no Brasil por dois motivos: seu sistema de armazenamento é bastante complexo e difícil, além da produção possuir custo elevado.

Além do biogás, outro material também serve como fonte de energia sustentável e substitui os derivados do petróleo. Trata-se do biocombustível, que é voltado especificamente para o uso em veículos.

O biocombustível é gerado a partir da cana-de-açúcar (etanol), da semente de mamona, cascas, folhas de árvores e galhos, reduzindo os impactos ambientes como os gerados pela extração do petróleo. Ademais, o biocombustivel também auxilia na redução do gás carbônico na atmosfera, ao contrário dos combustíveis tradicionais.

0 comentários :

Postar um comentário

    Blogger news

    Blogroll

    About