30 de out de 2013

Condomínios Sustentáveis

O termo sustentabilidade está em evidência nos dias atuais e sua presença é encontrada das mais diversas formas e locais, inclusive, nos condomínios. O reaproveitamento da água da chuva e a produção de energia solar são apenas alguns dos itens que podem tornar um condomínio “verde” e autossustentável quanto a alguns quesitos.

Claro que estas benfeitorias ainda custam um valor considerável e, no momento, somente os condomínios mais modernos e com apartamentos com preços elevados possuem algumas funcionalidades que podem dizer que os mesmos são sustentáveis.

Veja abaixo algumas dicas de equipamentos para tornar seu condomínio “verde” ou sustentável:

Cisternas: é possível fazer a captação da água da chuva através de calhas instaladas no telhado e ao invés de enviá-la diretamente para o esgoto é possível depositá-la em cisternas ou, até mesmo, em caixas d’água para serem usadas exclusivamente para a limpeza dos andares, para as plantas e, em alguns casos, até para ser usada como a água da descarga do vaso sanitário.

Placas de Energia Solar: o uso dessas placas ainda é demasiadamente caro, porém em alguns condomínios novos elas já estão presentes diminuindo a necessidade do consumo de energia elétrica e, por consequência, barateando a conta dos moradores. Claro que este valor influência e muito no valor do imóvel, porém com o tempo deverá passar a ser uma tendência.

Telhado Verde: a plantação de pequenas árvores e arbustos no teto dos prédios tem crescido muito e, desta forma, é possível diminuir a temperatura nos apartamentos em até 2 graus centígrados sem a necessidade da utilização do ar condicionado ou do split. Vale ressaltar que para fazer isso é necessário primeiramente fazer uma boa impermeabilização do telhado com materiais específicos para que não haja a infiltração de água nos apartamentos logo abaixo.


Coleta Seletiva de Lixo: outro ponto importante nos condomínios sustentáveis é a existência da coleta seletiva de lixo, como no bairro do Tatuapé em São Paulo, assim como dias para a coleta de lixo comum. Como exemplo, muitos condomínios encaminham para cooperativas de catadores todo o lixo coletado nos dias da coleta seletiva e, com isso, o mesmo passa a ser reutilizado para uma nova finalidade em vez de ir diretamente para o meio ambiente.

0 comentários :

Postar um comentário

    Blogger news

    Blogroll

    About